IELTS – Esteja preparado!

Se você sonha em realizar um curso superior fora do Brasil um dos primeiros requisitos pra você ser aprovado nas instituições de ensino é provar suas habilidades acadêmicas no inglês (no caso de escolher ir para um país de língua inglesa, óbvio!). Porém, não vá pensando que seu certificado de “super fluent advanced” da CCAA, Wizard, Wise Up vai te ajudar nesse momento. O que vale para as escolas e universidades é ter uma certificação internacional reconhecida (e as mais conhecidas são TOEFL, Cambridge e IELTS ).

O TOEFL é um certificado mais popular para os estudantes que desejam estudar nas universidade dos Estados Unidos. Já o IETLS tem crescido em reconhecimento internacional por ser aceito por mais de 8000 instituições de 135 países como Austrália, Canadá, Irlanda, Nova Zelândia, África do Sul e Reino Unido.

IELTS

Algumas instituições na Nova Zelândia têm autorização do governo para aplicar testes  internos de proficiência de inglês e aceitarem estudantes que não tenham o IELTS. Esses testes podem ser feitos online (você faz o teste ainda no BR, ou no país que você esteja) ou você pode fazer presencialmente. Porém, devido a diversos casos de fraudes, está cada vez mais difícil encontrar instituições que disponibilizam esses tipos de testes, especialmente online.

Existem dois tipos de exames de IELTS: o IELTS Geral e o IELTS Acadêmico. O Acadêmico geralmente só é exigido para ingressar em Universidades Públicas. Já o módulo Geral é exigido como requisito para obtenção do visto de residência na Nova Zelândia (além de Austrália e Canadá) bem como aceito na maioria das Instituições particulares e Politécnicas do país.

downloadQuando estávamos planejando vir para a Nova Zelândia nós não considerávamos prestar o IELTS e então  conseguimos encontrar uma instituição que na época aplicava o teste online. Porém, com as mudanças nos processos de imigração, um certificado de proficiência de inglês passou a ser item obrigatório para a aplicação e por conta disso nós prestamos o IELTS em Outubro de 2017. Yeees, We did it!! 

A primeira coisa que você precisa saber sobre este certificado é que não existe “aprovado x reprovado”. O resultado do exame vai te mostrar o seu nível de proficiência na lingua inglesa em quatro competências: compreensão, leitura, escrita e conversação. Você receberá uma nota para cada módulo e uma nota geral de todo o exame (média dos quatro módulos). Geralmente é exigido obter o mínimo de 6.0 de nota geral para cursar um Diploma Level 7 e no mínimo 6.5 para uma pós-graduação, MBA,  ou como requisito para o visto de residência do principal aplicante. Apesar de não ter validade, as instituições de ensino e a imigração geralmente exigem exames realizados há menos de dois anos.

O IELTS é um exame bem objetivo porém com DIVERSAS pegadinhas. Para ter sucesso na prova, mais do que ter domínio da língua inglesa, você precisa ter conhecimento e estar preparado para a estrutura da prova.
Na parte da compreensão e leitura você pode encontrar questões de diversos tipos como “preencher a lacuna”, ou “true/false/Not given” (e eles te confundem nessa aqui que é uma beleeeza), “alternativas” ou “interpretação de resumo de parágrafos”. Nestas duas sessões escrever corretamente as palavras é impressindível (incluíndo plural/singular). Além disso, é muito importante ler o enunciado das questões. Se o teste te pede para responder com até 2 palavras, se você colocar 3 palavras a resposa estará incorreta.

Estrutura da prova do IELTS

  • Listening (compreensão): nesta etapa você ouve quatro conversas e/ou monólogos e vai respondendo as 40 questões. Você só tem a chance de ouvir 1 (UMA) única vez o áudio. Se perder alguma questão não se desepere e não perca tempo tentando adivinhar, continue focado no áudio para não perder as próximas respostas. O tempo total dos audios é de 30 minutos e ao final você tem mais 10 minutos para transferir suas respostas para o formulário de respostas.  Nesta parte ovcê irá ouvir uma grande variedade de sotaques como o americano, o inglês britânico, o australiano e o neozelandês.
  • Reading (leitura): esta sessão é composta por 40 questões e o tempo é de 60 minutos. Aqui, dependendo do tipo do IELTS que você fizer (Acadêmico ou Geral), você terá diferentes tipos de textos. Para o IELTS Acadêmico, os textos são mais longos e acadêmicos, enquanto que no IELTS Geral são textos curtos, geralmente relacionados ao dia a dia. A dica para esta etapa é você entender como os modelos de questões funcionam para sua lógica de raciocínio, ou seja, você precisa entender se ler os textos antes ou depois das perguntas faz diferença no seu controle de tempo de prova. Este é um dos principais motivos pelos quais os simulados são tão importantes.
  • Writing (escrita): nesta etapa você terá 60 minutos para escrever 2 textos. Esta sessão também tem diferença entre o Acadêmico e o Geral. O IELTS Acadêmico pede para que você interprete as informações de um gráfico, diagrama ou tabela e o segundo texto é um artigo de pelo menos 250 palavras. No IELTS Geral, o seu primero texto será uma carta de no mínimo 150 palavras (formal ou informal) e o segundo texto também será um artigo de pelo menos 250 palavras. Os simulados te ajudam a ter ideia de quantas linhas você precisa escrever para dar a quantidade de palavras necessárias, assim você não perder tempo contando palavras na hora da prova (porque não da tempo MESMO). O ideal é utilizar 20 minutos para o primeiro texto e 40 minutos para o segundo texto. Os temas dos artigos e das carta seguem os mesmos modelos e muitas pessoas com inglês fluênte podem falhar nesta fase pois a avaliação desses textos envolve 4 aspectos, sendo um deles a estrutura do texto, por isso aprender a estrutura fará total diferença no seu resultado desta etapa. Outra dica é evitar contrações como don’t, isn’t, I’m, etc… Erros de grafia também são penalizados.
  • Speaking (conversação): dividido em 3 partes e por cerca de 15 minutos, esta é a única etapa do IELTS que é feita 1-1 (você e o examinador). Na primeira parte você responde sobre assuntos pessoais como trabalho, família e coisas do dia a dia. A segunda  parte você recebe um cartão com um assunto específico e você tem 1 minuto para se preparar e 2 minutos para falar sobre o tema (sim, cronometrado). O ideal é que você fale durante os 2 minutos, então quando pensar no tema, pense em detalhes que você pode contar, e uma tente dar uma “floreada” nas situações. Na terceira parte você responde algumas perguntas relacionadas ao tema abordado na parte 2. A principal dica para esta sessão é MANTENHA A CALMA! Você não precisa falar rápido para demonstrar fluência, mas você também não pode ficar gagejando caso não saiba ou não se lembre de uma palavra. Evite gírias e repetir uma mesma palavra diversas vezes ( “like”, “for example”). Os assuntos podem ser diveeersos, mas estar preparado para falar sobre você pode te ajudar pelo menos na primeira parte (Você estuda?O que? Trabalha? Gosta do seu trabalho? Mora com seus pais? Como é a sua familia? E a sua cidade? Com certeza uma dessas perguntas será feita pra você).

O tempo total que você fica lá sofrendo fazendo o teste de reading, writing e listening é de 2 horas e 40 minutos, sem intervalos. a prova é feita toda a lápis, não precisa passar nada a caneta. Não pode levar nada de comidinhas, só uma garrafa de água. Se você precisar ir no banheiro você tem que ir durante uma das sessões e usar o seu tempo de prova. Geralmente a sessão de speaking não é realizada no mesmo dia ou na mesma hora das outras sessões. Eles te mandam um e-mail com todas as informações. Uma vez realizado o exame, o resultado sai 13 dias depois de concluído e no caso de não ter conseguido a nota necessária, você poderá repetir o exame a qualquer momento.

Custos do IELTS

Nós pagamos e fizemos o IELTS na Nova Zelândia, e o valor foi de NZD$385.  Recomendo que você de uma olhada no site oficial para saber saber as informações para o Brasil ou aonde você estiver. Existem mais de 900 centros que aplicam o IELTS pelo mundo. Para se registrar online você só precisa preencher um formulário e enviar uma cópia do seu RG ou passaporte.

Como se preparar para o IELTS

image1-40

Se você tem intenção de prestar esse exame, a nossa dica principal é você fazer (muitooos) simulados. Aprenda a estrutura e mecânica da prova, controle o tempo de acordo com o tempo oficial. Além disso faça uma imersão na língua inglesa: leia materiais, sites, blogs em inglês, assista vídeos no youtube, filmes e séries somente com legenda em inglês e de diversos sotaques.

Alguns sites e materiais online foram essenciais e nos proporcionaram dicas maravilhosas para o teste. Existem diversos canais no youtube mas o E2 Language e o IELTS LIZ nos deram dicas importantes de uma maneira simples e direta. Pelo site IELTS Exam você pode fazer o download gratuito de cada módulo da prova (nós fizemos TODOS os simulados desse site da parte de “reading”). O site oficial do IELTS também disponibiliza as provas para serem usadas de simulados. Além disso, eu me cadastrei no site IELTS MATERIAL e recebia diáriamente no meu email uma listinha de exercícios.

Como eu (Stella) estava me sentindo menos confiante especialmente para a sessão de writing, eu entrei em contato com o pessoal da HINT Linguistic Consulting. Eles são uma empresa do Brasil, porém conseguiram organizar todo o esquema de aulas pra mim através de skype. Eles foram super flexíveis tanto nos horários das aulas (o fuso horário BR-NZ não é fácil), quanto no conteúdo que foi totalmente personalizado para as minhas principais dificuldades.

Caso você tenha probleminhas em criar uma diciplina para estudar sozinho, existem diversas escolas aqui na Nova Zelândia que além de inglês geral oferecem cursos preparatórios para o IELTS. Então, antes de fechar a matrícula em uma escola de inglês, se a sua intenção é no futuro fazer uma graduação por aqui, ou está planejando imigrar para o país, a minha recomendação é que você procure saber se a escola oferece esses tipos de cursos preparatórios. (Você já sabe que eu posso te ajudar a encontrar esses cursos aqui na Nova Zelândia se você precisar, né? É só clicar aqui ).

No Brasil, além de professores particulares, também existem escolas que oferecem cursos específicos para certificados. Procure saber se a escola que você pretente estudar ou está estudando disponibiliza algum dos certificados (Internacionais e reconhecidos) e também a média de aprovação dos alunos. É importante e pode te ajudar nos seus planos futuros 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: